jOBS (por Gabriele)

Imagem

Apesar do que muitos disseram na internet, Jobs não chega a ser um filme ruim. Antes de assisti-lo, fui atrás de algumas críticas para saber o que estavam falando sobre o filme e ao meu ver, as pessoas acabaram o transformando em um monstro de sete cabeças que não merecia ser visto. Mas depois de vê-lo percebi que não é bem assim, temos erros no roteiro, porém é válido lembrar que quem o escreveu é o estreante Matt Whiteley, que quis contar 30 anos da vida de Steve Jobs em um filme de duas horas.

Bom o que vemos é um filme, como posso dizer, okay. Kutcher não é um ator brilhante e a atuação dele deixa a desejar, mas sua semelhança física e seu esforço em reproduzir gestos e poses de Jobs é algo a se levar em consideração, vemos também Dermot Mulroney, Matthew Modine e J.K. Simmons com suas atuações caricatas e pouco profundas. Mas por outro lado, temos Josh Gad, que interpreta o cofundador da Apple Steve Wozniak, como destaque dentre as atuações e vemos James Woods ser desperdiçado com uma participação de poucos segundos. A história em si fica por conta da criação da Apple, desde seu primeiro software até o lançamento do Ipod em 2001, que é onde o filme se inicia. Uma das coisas boas da produção é a forma como Steve é retratado, como um chefe, me perdoe a palavra, meio cuzão e uma pessoa que não se ligava a relacionamentos, seja ele amoroso, amigável ou familiar.

Em minha humilde opinião, não se deve olhar muito para Jobs como um filme biográfico, e sim um filme sobre como Steve criou a Apple. Todas as cenas do filme, e até a que o vemos com sua filha em um momento familiar, e se você, assim como eu não leu o livro, ficará meio confuso(a) porque por alguma razão não explicam como isso aconteceu, estão ligadas de alguma maneira a empresa, o que torna o filme extremamente superficial se formos comparar a outros filmes biográficos que vemos por ai. Mas no geral, é um filme que vale a pena ser visto, não é aquele tipo de filme em que você assistirá infinitas vezes como “Rede Social”, eu assisti mais de uma vez (fanzoca), mas não chega a ser um filme ruim. Porém é preciso assisti-lo sem a expectativa de que você irá ver uma grande histórias com uma incrível atuação do ator principal, porque isso não vai acontecer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s